em busca do amor

Você já caminhou muito na vida em busca do amor.

Já se enganou, já se iludiu, já acreditou em quem não devia, já tentou se forçar a gostar de alguém que achava bacana, já gostou de quem não gostava de você.
Já se arrependeu de ter sido bom com quem não merecia, já se arrependeu de ter sido mau com quem também não merecia, já foi ingênuo, já foi egoísta, mentiu, dissimulou, pulou de cabeça em piscina vazia, se espatifou.
Até que um dia cansou.

Compreendeu exatamente o que quer e o que não quer.

Amadureceu.

Entendeu que o amor não está no outro, mas em si mesmo, e em tudo o que existe.
Já não aceita menos do que o amor que já sabe se dar.

Não tem paciência para jogos, para gente que não sabe o que quer, para superficialidades, para se vestir de mentira para conquistar alguém.
Já não aceita estar com aqueles que tem medo de sentir, ou que sentem com avareza. Criou aversão a conta gotas.
Não acredita em falsas promessas, nem inventa pessoas idealizadas, sabe que essas só existem na imaginação.
Quando amadurece você já não é seduzido por qualquer sopro de desejo.
Só o real o encanta.
Você se tornou inteiro.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *